Eleja mentores…

Post 3

No post anterior expliquei o porquê decidi trancar o meu curso de mestrado. Vi que realmente não era o que eu estava buscando, exceto o desafio da aprovação.

Agora quero mostrar para você que é muito bom dar um passo rumo ao objetivo, mas antes de tudo saiba exatamente o que quer fazer para não ficar dando volta em torno do próprio rabo.

Como eu já sei o que quero foi mais fácil, mas nem todo mundo está alinhado com um determinado propósito.

Para você ter uma ideia, há alguns anos eu achava que meu maior objetivo era ficar rico, milionário, bilionário se possível. Hoje, depois de algumas boas cabeçadas, vi que esse é um objetivo muito pequeno (nada contra quem pense apenas no dinheiro, até porque não sou hipócrita). E se além de eu ser rico, ter uma boa vida, proporcionar uma vida tranquila para minha esposa e meus futuros filhos, eu também possa proporcionar riqueza para outros, para quem também queira sair da mediocridade que é “implantada” na nossa cabeça desde pequenos?

Ai ferrou com tudo, porque além de querer gerar mais riqueza pra mim, eu quero que outros também sejam capazes de gerar riqueza para si mesmos e para outros ao redor. E como eu posso ajudar com isso?

Sinceramente eu ainda não sei, mas já estou alinhando algumas ideias e me aproximando de pessoas que realmente possam me ajudar.

O que facilitou muito a clareza das minhas ideias foi escolher alguns mentores. Estes mentores não necessariamente sabem que me orientam, mas eu sei o que eles fizeram, fazem e podem fazer. São pessoas que de alguma forma ajudam outras pessoas com os seus objetivos.

Na imagem estou lendo um livro do Tony Robbins, um cara que elegi como mentor. O fato dele se preocupar em ajudar e desenvolver pessoas me deixa pasmo, abismado. Se um dia ele decidir mudar a direção do seu objetivo, eu deixo de tê-lo como mentor, sem que haja nenhum ônus. Percebe como é fácil escolher mentores que possam ajudar?

Sugiro que você eleja três, quatro mentores, ou quantos forem necessários para fazer mudar suas atitudes, então estude-os. Leia sobre seus mentores, o que eles fazem, para que e para quem eles fazem, se estão de acordo com os seus ideais, depois é só ir pra cima.

Não quero que você pense que é fácil mudar, até porque se você não quiser, nem eu nem ninguém vai fazer com que você mude. Mas quero apenas que você pense que a mudança pode trazer benefícios para você e para quem está ao seu redor.

BORA PRA CIMA?

Fábio Almeida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s